17
Ago 10
הדרן עלך קנקן חדש והדרך עלן חֲכָמִים יִצְפְּנוּ דָעַת וּפִי אֱוִיל מְחִתָּה קְרֹבָה (משלי י:יד) “Those who are wise conceal knowledge, but the mouth of the fool brings destruction near” כִּי אֶת כָּל מַעֲשֶׂה הָאֱלֹהִים יָבִא בְמִשְׁפָּט עַל כָּל נֶעְלָם אִם טוֹב וְאִם רָע: (קהלת יב:יד) “For God will judge every deed, even everything hidden, whether good or bad” אֲנִי אֹהֲבַי אֵהָב וּמְשַׁחֲרַי יִמְצָאֻנְנִי (משלי ח:יז) “I love those who love me, and those who search for me will find me
publicado por tstopps às 04:30

09
Ago 10
O OLHAR DEMORADO, OBSESSIVO E IRRECONHECÍVEL, ATRAVÉS DOS OBJECTOS QUE ME CERCAM DEFINIR O QUE É IMPORTANTE, UMA VEZ DEFINIDA ESSA PAREDE, QUE NÃO TEM NENHUMA CARACTERÍSTICA QUE NÃO SEJA SUBJECTIVA E IRREAL MORRE-SE DE PASMO AQUI, A ESCURIDÃO PARECE AVANÇAR E FICAR MAIS DENSA OS PEQUENOS RIACHOS DE PALAVRAS DESPENHAM-SE DE FORMA AERODINÂMICA CONCENTRAM-SE EM PEQUENAS POÇAS QUE SÃO OS BLOGS ESCORREM PARA OS POSTS DO PASSADO, JUNTO ÀS DOBRAS CINZENTAS OU MULTICOLORIDAS DOS BLOGS EM RUÍNA CONTINUO A ABRIR AS PORTADAS DESTE BLOG, SEM NENHUM FIM NEM OBJECTIVO A CHUVA DE PALAVRAS ABRANDA DO SOLO FECUNDO DE BLOGUES VEM UM BARULHO AGRADÁVEL DAS PALAVRAS QUE SE ESCOAM COM O TEMPO, PASSAM MESES E ANOS JOSHUAS E KRIPPAHL'IS ERGUEM-SE E AFUNDAM-SE NO ESQUECIMENTO NO TOPO DOS BLOGS HÁ UMA TRANSPARÊNCIA ILUSÃO DE ESPAÇOS ILIMITADOS POR BAIXO COMENTADORES DANDO BICADAS NOS BLOGUES E ESTICANDO E RETRAINDO O PESCOÇO COMO AVES A CADA COMENTÁRIO QUE FAZEM 2010 m. rugpjūčio 8 d.,sekmadienisEM ABSOLUTO O TÉDIO Pranešimą parašė DeusSemAteusAdeus ties 18:09 0 komentarai (-ų) žymės: APOCALIPSES de todas as cores, DECISÕES 2010 m. rugpjūčio 5 d.,ketvirtadienisO FASCÍNIO do FIM no(s) APOCALIPSE(S Prometidos O Apocalipse em krippahl dá-se no fim das funções cerebrais a que chamamos mente. Os Apocalipses em AZERT e QWERT fazem PREVISÕES sobre o fim dos mundos Que literalmente refere-se apenas ao fim dos humanos e das suas civilizações Os anos 50, 60, 70 e 80 esfumaram-se com as suas promessas do Apocalipse Nuclear Tal como as décadas seguintes que prometeram Édens e Infernos de todos os tamanhos e feitios. O fim do milénio que paradoxalmente ocorreu duas vezes, trouxe apenas krippahlisticas ameaças informáticas em 1999 e pequenos degelos em Dezembro de 2000 O FIM banalizou-se todos os anos novos massacres são proclamados e esquecidos Jornalistas vomitam Pequenos Apocalipses Cientistas e Pseudo-Cientistas Quantificam o Inquantificável A Sibéria aquece A Rússia Central arde num folhetim de semanas Vulcões adormecidos bramem, Glaciares preguiçosos apressam-se As pradarias erguem-se em fumo, levando o grão Novos Apocalipses Económicos Militares Geo-Climáticos Eco LÓGICOS e ILógicos e Alimentares SURGIRÃO POIS É DA NATUREZA DOS APOCALIPSES MULTIPLICAREM-SE COMO OS HOMENS POIS OS PREDADORES ACOMPANHAM SUAS PRESAS
publicado por tstopps às 01:48

01
Ago 10
dissabte 31 de juliol de 2010 A Ciência Natural da Estupidez Se não houvesse pessoas sensatas que se conseguem aperceber da sua estupidez, esta seria muito mais letal, otários, entorpecidos, alarves, obtusos, mandriões, embasbacados e insensatos povoam o mundo, serão 7 mil milhões em 2012 O homem estúpido não procura perceber as causas dos fenómenos, já os conhece, um homem pontualmente sensato pode num ápice tornar-se estúpido e vice-versa, geralmente são os que acumulam mais conhecimento. Toda a actividade humana depende da capacidade de expressão e ninguém pode dar o que não possui, a estupidez é essencialmente medo dos outros, medo de nos expormos às críticas inclusive às que fazemos a nós próprios. estupidez induzida pela riqueza, pela pobreza, pela escravidão, pela semântica, pela superstição e pela moda. Há quem nasça estúpido, quem se torne estúpido e quem deixe a estupidez apoderar-se de si, a maior parte não é hereditária,nem contágio de outros. É obra pessoal, conquistada e construida sem muito esforço. Certos maníacos da perfeição, que não reconhecem suas falhas. Nada se lucra a argumentar com eles, se a sua felicidade reside na ignorância proporcionada pelos seus conhecimentos, para quê destruir a sua crença, o seu orgulho, a sua vaidade, a credulidade e o medo em que se manifestam as várias formas da estupidez. Nas cordas sursum corda Não sabemos o que é a estupidez, mas tal como a fé reconhecemo-la quando se manifesta, nós em geral, procuramos ter sempre boa opinião´da nossa estupidez, mascaramos a verdade e exageramos os erros dos outros. Para odiar nada é necessário é inato, basta pressentir ameaça e rosnamos e em cada rosnido nascem e crescem fanatismos e intolerâncias. A burocracia alimenta-se dela, a religião e a política afagam-na. Toda a histeria da pseudo-ciência criou multidões de crentes, pois a estupidez infelizmente não incomoda. Mesmo as azêmolas, os lerdos e broncos produzem palavras de rara beleza
publicado por tstopps às 01:51

Agosto 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


subscrever feeds
tags

todas as tags

mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO